Criatividade, a essência da mudança

Segundo Albert Ainstein, a imaginação é mais importante que saber, pois o conhecimento é limitado, enquanto a imaginação abarca o universo.  Criar é uma condição básica para que as empresas sobrevivam, pois gera inovações nos produtos e serviços, além de promover o desenvolvimento econômico e o bem-estar social e individual. A criatividade é uma habilidade que se desenvolve ao longo da vida, utilizando técnicas que podem despertar uma nova percepção do mundo.

Objetivos

  • Desenvolver o pensamento criativo, através de exercícios e dinâmicas com as atividades que utilizam os hemisférios direito e esquerdo do cérebro.
  • Desenvolver estratégias que contribuam para superar os obstáculos à criatividade.
  • Quebrar o paradigma “eu não sou criativo”.

Programação

  • As emoções básicas e o autoconhecimento.
  • O pensamento criativo, conceito e fases.
  • Utilizando os lados direito e esquerdo do cérebro: um potencial infinito.
  • Conhecendo as frequências das vibrações do cérebro para melhor usufruí-las.
  • Obstáculos ao pensamento criativo e o seu desenvolvimento.
  • Exercitando a imaginação.
  • O papel da visualização e meditação no contexto criativo.
  • A intuição e a criatividade.
  • O corpo e a criatividade.
  • A expansão das ideias e a associação.
  • Neuróbica e exercícios para o desenvolvimento do potencial criativo.

Resultados esperados

Espera-se ao final da conexão, que o participante possa continuar quebrando paradigmas, forçando a utilização do cérebro na sua totalidade, pensando em todas as direções e principalmente ter vontade de mudar. Espera-se que o participante perceba que a mudança está nele e que se inicia com um ato de intencionalidade.

“Criatividade é maior forma de rebeldia da existência.”   OSHO (2002)

Solicite um orçamento

9 + 4 =

Desenvolvido por